Estranha sensação a angústia: 

sente-se, no ritmo do coração, que se respira mal, como se se respirasse com o coração.





André Malraux
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!