“Se tens um abraço para dar, dá. 


Se tens uma desculpa a pedir, pede. 


Se tens um erro a corrigir, corrige. 


Se tens um amor para viver, vive. 


Se tens um nó na garganta, desata. 


Se tens medo, vai com coragem. Se não queres, diz «não». 


Se não sabes, pergunta. 


Se queres, pede.


Se magoa, perdoa. 


Se dói, esquece. 


Se não serve, arruma.


Se não estás bem, muda. 


E se tens fé, acredita.”




Autor Desconhecido 
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!