Deste lado de mim parou o limo

E de outro lado uma andorinha benta.

Eu sou beato nesse passarinho.




Manoel da Barros
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!