...E nada será teu senão um ir até onde não há onde...





Alejandra Pizarnik
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!