Temos a mesma pele, descobri anos depois.

É isso que nos impele

a sermos um, sendo dois.

Amar é ter a mesma pele, o resto vem depois.

(E não falo da cor,

que é indiferente no amor).








Torquato da Luz
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!