Feliz aquele que administra sabiamente a tristeza e aprende a reparti-la pelos dias 
(…)




Ruy Belo
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!