"Os amigos desaparecem no momento exato em que você precisa deles. 
O mundo te machuca. 
As pessoas te empurram nas filas, dentro dos ônibus, nas esquinas. 
Tudo grita na sua cara que você não vale absolutamente nada.
 Quando olho para você, quando olho para mim, não posso evitar de pensar que o homem é apenas um animal que não deu muito certo."



Caio Fernando Abreu
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!