“Alguém me disse que certas aves choram 

 quando lhes falta o mar 

 por muito tempo” 




 Casimiro de Brito
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!