A voz de um anjo sussurrou no meu ouvido....


Na bruma leve das paixões que vêm de dentro
Tu vens chegando pra brincar no meu quintal

No teu cavalo peito nu cabelo ao vento
E o sol quarando nossas roupas no varal

Tu vens, tu vens
Eu já escuto os teus sinais

A voz de um anjo sussurrou no meu ouvido
E eu não duvido já escuto os teus sinais

Que tu virias numa manhã de domingo
Eu te anuncio nos sinos das catedrais



Alceu Valença 

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!