Destruí as tuas fotografias: 
és agora uma lembrança indecisa. 
ou um murmúrio, 
um som que prolonga o vazio. 



Rui Nunes
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!