Percebi que para dentro de nós há um longo caminho e muita distância.




Valter Hugo Mãe in "O rosto"
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!