Mate os meus demônios e meus anjos podem morrer também.” 




Tennessee Williams
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!