Minha relação com a senhora dona Vida, de muitos anos para cá, tem sido frontal, direta e solitária.



Caio F. Abreu


Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!