"Dentro de mim mora um grito
De noite, ele sai com suas garras, à caça de algo para amar."


Sylvia Plath
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!