sábado, 18 de julho de 2015



Escrevia silêncios, noites, anotava o inexpressável. 

Fixava vertigens.



Rimbaud
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...