Todavia, 

Como todos sabemos, o lugar a que voltamos nunca é o mesmo que tínhamos deixado.



Orhan Pamuk
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!