Não é fácil explicar. 
Eu sou assim, meio morto por dentro. 
Faço as coisas por empolgação e no outro dia, sei lá. 
Sou dessas pessoas que ficam procurando as canções no rádio até achar um clássico, algo perfeito para aquele horário do dia, aquele semáforo. 
A música acaba e eu troco de estação.



Gabito Nunes
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!