deixe o vento soprar... 'let it be'...


Então vai lá: domine seu mundo, assuste seus monstros, afaste seus medos, crie suas expectativas, derrube suas angústias, acabe com sua ansiedade, preserve sua humildade, afogue seu ego, afague sua simplicidade. 
Você é artista e não um figurante da sua arte. Domine-a. 
Eduque-a. 
Xingue-a. 
Maltrate-a. 
Ame-a. 
Respeite-a. 

Entende-a de a a z. 
Ela será sua por uma vida inteira e até um pouco mais. 
Então vai lá! Aconteça o que acontecer: faça! Faça o que fizer: aconteça! 
Faça acontecer ou morra com a amargura de ter vivido no ‘poderia ter feito, no poderia ter acontecido…’ 
Quer dor maior?”



Eu me chamo Antônio
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!