nem todas


Nem todos os dias serão de paz, e nem todas as bocas darão beijos. 
Nem toda mão dará carinho e nem todo coração será pleno de amor. 
Sei que a vida tem seu lado negro - mas é pela paz que existe no outro lado dela que eu continuo vivendo.


Caio Augusto Leite.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!