O que um homem precisa pra falar,

entre enxada e sono: 

Louvado seja Deus!




Adélia Prado
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!