Calma. 
É só se manter longe
Longe, bem longe. 
Que longe nada afeta
Ou quase nada.


 Caio Fernando de Abreu.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!