"As coisas não querem mais ser vistas por pessoas razoáveis: 
Elas desejam ser olhadas de azul –
 Que nem uma criança que você olha de ave.



- Manoel de Barros"
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!