O mundo não é assim tão complicado: 
levantas os olhos, baixas os olhos, esticas o braço e tocas; não esticas o braço, és tocado. 





Gonçalo M. Tavares
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!