Um corpo secreto...



Um corpo secreto
e espesso
por onde deslize o silêncio

A saliva da tarde
que vire o desejo
do avesso




 Maria Teresa Horta
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!