Ilusão


Quanto a mim, quero só que saibas que foste
o único amor da minha vida.
E que tenho vivido estes anos todos só com a ilusão
de voltar outra vez a esse hotel, 
encontrar-te a dormir 
e acariciar-te o cabelo. 





Pablo García Casado

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!