terça-feira, 30 de abril de 2013

segunda-feira, 29 de abril de 2013


bebo mais e mais, para que as noites felizes não voltem sem ti, nunca mais.



al berto

domingo, 28 de abril de 2013



"pinta os lábios para escrever
a sua boca em minha […]"


Nando Reis


"Eu não sei onde mora a raiz da mágoa.
O que sinto é sua ardência na alma." 



Padre Fábio de Melo 

"...cheirou o suor de suas axilas, a gordura dos seus cabelos, o cheiro de peixe do seu sexo, cheirando tudo com o maior prazer. O suor dela odorava tão fresco quanto a brisa do mar, o sebo dos seus cabelos, tão doce quanto o óleo das amêndoas, o seu sexo como um buquê de lírios-d’água, a pele como flores de pessegueiro... e a conjunção de todos esses componentes resultava num perfume tão rico, tão equilibrado, tão fascinante (...). 
Era a pura beleza, beleza pura."




 Patrick Süskind

Um turbilhão de sensações dentro de mim...


E afinal o que quero é fé, é calma, e não ter essas sensações confusas.



Fernando Pessoa


"Mulher sem razão
Ouve o teu homem
Ouve o teu coração
Batendo travado
Por ninguém e por nada
Na escuridão do quarto"



Cazuza


Mas uma vez na vida;

 Eu vou viver a vida que eu pedi a Deus.



Chico Buarque

sábado, 27 de abril de 2013



Eu quero a sina de um artista de cinema, eu quero a cena onde eu possa brilhar. 
Um brilho intenso, um desejo, eu quero um beijo. 
Um beijo imenso, onde eu possa me afogar.



Los Hermanos.

Sou a saudade que te evoca, traz de volta e te concede uma misteriosa forma de continuar....


Esta falta que me causas é como dor que não se localiza. Falta não sei onde e não sei quanto. Espaço não configurado, não conceitual, imensurável. Do que sei de mim, pela força da saudade, por vezes, me esqueço. É como labirinto não simbolizado por onde recolho pedaços, fragmentos seus. Levaste a senha da minha inteireza. Desde então eu me desassossego com a tua ausência. Consolo-me na observância silenciosa dos teus segredos. Deles eu me tornei guardião. Eles nos religam, estreitam os caminhos, ampliam a tua ausência em mim. Por eles, tu roubas o que sou e me tornas a sepultura de onde sais. Sou espaço da tua inabitação. 

Sou a saudade que te evoca, traz de volta e te concede uma misteriosa forma de continuar.






 Fábio de Melo


"E sorrir, então, e dizer bom-dia, boa-tarde, talvez boa-noite, e convidar a sentar, como se costuma nessas situações, e explicar sempre que não há muito onde sentar, e espalhar cinzeiros, fechar a porta, escolher rapidamente um disco lento e abandonar a coisa que estivesse fazendo para sentar no canto oposto da cama, talvez cruzar as pernas, acender um cigarro, abrir um livro, olhar uma estrela e falar ouvir durante horas coisas duras e inúteis, e de repente me perceber novamente deslizando para um mar aberto feito boca, convite na esquina, veludo atrás de vidraça, e não ceder porque não seria de esperar que eu cedesse agora, nessas situações, embora me consuma, e penso. 

Então sorrir e afastar com delicadeza as inúteis durezas até que nos aproximemos das tardes no parque, e era sempre outono."



Caio Fernando Abreu.

quinta-feira, 25 de abril de 2013



"Me dê a lua que eu te faço adormecer." 



Teatro Mágico

Desabaratinada...



Ali mesmo sob a proa do barco.
Gostava de despentear os cabelos,
porque era nessa dança que redescobria requintadas harmonias.
inaugurava seus paraísos secretos e convidava somente o que de dentro amanhecia.




Carlos D. de andrade.

terça-feira, 23 de abril de 2013


Hoje de manhã saí muito cedo, 
Por ter acordado ainda mais cedo 
E não ter nada que quisesse fazer… 
Não sabia por caminho tomar 
Mas o vento soprava forte, varria para um lado, 
E segui o caminho para onde o vento me soprava nas costas.



Alberto Caeiro

segunda-feira, 22 de abril de 2013

a.d.e.u.s.



Você nunca pareceu sentir minha falta e acho que por isso eu parei de sentir a sua.



One Tree Hill.

Só quero um tempo, indeterminado… com você.


Quero nossas almas submersas às cobertas;
Um dia de chuva pra ficar abraçado;
Colo, cafuné, um beijo bem dado;
Corpos e corações entrelaçados:
Só quero um tempo, indeterminado…
com você.


 Henry Rossetto

domingo, 21 de abril de 2013

Transbordar...



E já não eram sós, ambos somavam entre si, não importava mais quem era a primeira ou a segunda pessoa, por que eles eram um só, e todos questionavam-se sobre quem seria o sujeito e quem seria o predicado. 
Quem se conjugaria no pretérito e quem renunciaria, ou seria, a forma “mais que perfeita”. 
Conjugavam-se de maneira irregular explicitando suas diferenças, reconhecendo os fragmentos e os complementos. 
Buscavam a medida certa. 
E assim, reconheceram-se juntos, sem necessidade de mais nada para se completar, por que juntos, eles transbordavam.



O Teatro Mágico.  

Desapegos....


"Estou com sede de mudanças, mas não quero arrastar os móveis, nem desentortar os quadros. 
Quero desabitar meus hábitos."




Marla de Queiroz

As pessoas têm de morrer; os amores de acabar. 
As pessoas têm de partir, os sítios têm de ficar longe uns dos outros, os tempos têm de mudar.

Sim, mas como se faz? Como se esquece? Devagar. É preciso esquecer devagar. 
Se uma pessoa tenta esquecer-se de repente, a outra pode ficar-lhe para sempre.

Podem pôr-se processos e ações de despejo a quem se tem no coração, fazer os maiores escarcéus, entrar nas maiores peixeiradas, mas não se podem despejar de repente. 

Elas não saem de lá. Estúpidas!



Miguel Esteves Cardoso

meu amor, no meio de tudo,
 tua existência me abençoa



Clarice Lispector


"E não tem remédio
E não tem cigarro
Que acalme o diabo de pensar
O que a gente podia ser."



 Vanguart

Gosto de ficar sozinho, a pensar na vida, neste universo imenso que nos encanta e humilha. De sentir a fragilidade das coisas e a nossa própria insignificância



Oscar Niemeyer

Não se permita entristecer, por nada, nem ninguém. 



Caio F. Abreu.

sábado, 20 de abril de 2013

Intimidade...


"Intimidade é baseada em vulnerabilidade compartilhada. Nada aprofunda a intimidade como as experiências que compartilhamos quando nos sentimos vulneráveis, e nosso parceiro está lá conosco, dispostos a compartilhar o material assustador. "



  De The Slut Ética por Dossie Easton e Catherine Liszt

Primeiro estranha-se, depois entranha-se.



Fernando Pessoa


Tão mais forte que a distância era o seu pensamento de amor.


Clarice Lispector

conta tudo pra Deus. ELE. sabe guardar segredo


Renato Russo

sexta-feira, 19 de abril de 2013

Pode ser no coração, pode ser numa canção 'eu só quero ter Você, por perto'



"Eu não quero identificar o que é.

É tão bom viver sem saber o que sentimos, o importante é que continue assim; batendo pela distância e eufórico pela presença."




 Eduardo Dechamps

Não gosto de olhar muito o mar, perco o interesse pela terra.



Mário Quintana

quinta-feira, 18 de abril de 2013



"Quem é essa
que me olha
de tão longe,
com olhos que foram meus?" 



Helena Kolody 


E tão terrível tudo, porque tudo trazia no princípio o fim de tudo.


 Ruy Belo

terça-feira, 16 de abril de 2013


Todo teu amor eu vi de longe
De longe, de longe.
Dava pra sentir o teu perfume
Eu juro, eu juro
Meu amor é teu
Mas dou-te mais uma vez
Meu bem
Saudade é pra quem tem…



Marcelo Camelo

segunda-feira, 15 de abril de 2013

domingo, 14 de abril de 2013


Imaginar a forma 
doutro Ser na língua, 
proferir o seu Desejo 
O toque Inteiro 



A.Ramos Rosa



E às vezes, o silêncio estremece
como se fosse a hora de passar alguém
que só hoje não vem.



Sophia de Mello Breyner Andresen

Ser Poeta:



Crucificam-me e eu tenho de ser a cruz e os pregos.
  Estendem-me a taça e eu tenho de ser a cicuta.
Enganam-me e eu tenho de ser a mentira.
Incendeiam-me e eu tenho de ser o inferno.
  Tenho de louvar e de agradecer cada instante do tempo.
  O meu alimento é todas as coisas.
O peso exacto do universo, a humilhação, o júbilo.
  Tenho de justificar o que me fere.
Não importa a minha felicidade ou infelicidade.
Sou o poeta.



Jorge Luis Borges

HoJe a LáGRiMa Não Cai


 Los hermanos  

O coração da gente gosta de atenção. De cuidados cotidianos. De mimos repentinos. De ser alimentado com iguarias finas, como a beleza, o riso, o afeto. Gosta quando espalhamos os seus brinquedos no chão e sentamos com ele para brincar. E há momentos em que tudo o que ele precisa é que preparemos banhos de imersão na quietude para lavarmos, uma a uma, as partes que lhe doem. É que o levemos para revisitar, na memória, instantes ensolarados de amor capazes de ajudá-lo a mudar a frequência do sentimento. Há momentos em que tudo o que precisa é que reservemos algum tempo a sós com ele para desapertá-lo com toda delicadeza possível. Coração precisa de espaço.




Ana Jácomo


Eu acredito que tudo acontece por um motivo. 

As pessoas mudam para que você possa aprender a deixá-las, as coisas dão errado para que você possa dar valor a elas quando estiverem certas, você acredita em mentiras e eventualmente aprende a confiar em ninguém exceto você mesmo e as vezes coisas boas dão errado para que coisas melhores possam dar certo.



Marilyn Monroe

"Sua risada devia tocar no rádio"



Caio Fernando Abreu

sábado, 13 de abril de 2013

como se explica o amor que fica?



"Se tudo passa, como se explica o amor que fica?"



Zeca Baleiro


nos dias em que se espera silêncio
soletro-te onde tudo o que não é palavra é pele




Maria Sousa

EEu não caminho para o fim, 

Eu caminho para as origens


 Manoel de Barros


Eu quis te conhecer, 
mas tenho que aceitar
Caberá ao nosso amor o eterno 
ou o não dá
Pode ser cruel a eternidade
Eu ando em frente por sentir vontade.


Marcelo Camelo.


quinta-feira, 11 de abril de 2013

Quero saber se ganha o dia quando está comigo.


Eu não vou te pedir nada. Não vou te cobrar aquilo que você não pode me dar. Mas uma coisa, eu exijo. Quando estiver comigo, seja todo você. Corpo e alma. Às vezes, mais alma. Às vezes, mais corpo. Mas, por favor, não me apareça pela metade. Não me venha com falsas promessas. Eu não me iludo com presentes caros. Não, eu não estou à venda. Eu não quero saber onde você mora. Desde que você saiba o caminho da minha casa. Eu não quero saber quanto você ganha. Quero saber se ganha o dia quando está comigo.



Caio Fernando Abreu.

quarta-feira, 10 de abril de 2013

penso, re-penso, tri-penso



Pior que o esquecimento era a suspeita
de que o inverno em mim amarelecera
toda a razão de ser da primavera.



David Mourão-Ferreira

terça-feira, 9 de abril de 2013

Eu te sorvo extremada à luz do amanhecer



Colada à tua boca a minha desordem.
O meu vasto querer.
O incompossível se fazendo ordem.
Colada à tua boca, mas descomedida
Árdua
Construtor de ilusões examino-te sôfrega
Como se fosses morrer colado à minha boca.
Como se fosse nascer 
E tu fosses o dia magnânimo
Eu te sorvo extremada à luz do amanhecer



Hilda Hilst

Eu, eu quero...





Eu, eu quero ficar com você.


Eu, eu quero grudar em você. 


Eu, eu quero me bordar em você. 


Quero virar sua pele, 


Quero fazer uma capa, 


Quero tirar sua roupa. 




Mallu Magalhães

Silêncios, 

silêncios de todos os gêneros circulam no meu sangue



Al Berto,
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...