"Preferiu o silêncio.
Era isso o que acima de tudo os unia, um silêncio rumoroso como o das lixeiras onde os mendigos vasculhavam a sobrevivência."


Inês Pedrosa
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!