EnSiNa-Me,,,


Abro os olhos e digo-te: 
ensina-me de novo a ter mãos. 




Vasco Gato 
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!