...afogar-se
às vezes é morrer
em líquidas palavras
que nunca dizemos...




Silvia Chueire

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!