Como:


"Como uma flor ao seu perfume, 

estou atado à tua lembrança imprecisa."


Pablo Neruda 
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!