quinta-feira, 6 de junho de 2013

às vezes morre-se tanto,


desconcertante é que tão grande tristeza caiba dentro de tão pequeno peito. 
às vezes morre-se tanto, e tão cedo



Al berto.

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

l i n d a