quarta-feira, 8 de maio de 2013

tocas o vazio de muitos dias sem desejo...


ergues de novo as mãos cansadas
tocas o vazio de muitos dias sem desejo e o amargor húmido das noites e tanta ignorância
tanto ouro sonhado sobre a pele tanta treva
quase nada



Al Berto
Postar um comentário

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...  Quantas frases mal pronunciadas, sussurradas, cheias de uma pressa, de apelo e de fé elevei ...