Pudesse Eu ser Tú....



...e em tua saudade SER a minha própria espera....



Mia Couto
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!