"Quem é essa
que me olha
de tão longe,
com olhos que foram meus?" 



Helena Kolody 

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!