vez em quando: te sinto, te sei..


 você era a única pessoa lá de fora que entrava aqui dentro de vez em quando.


Caio F. de Abreu 
1 comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!