quinta-feira, 17 de janeiro de 2013



Tu és aquilo que sei sobre a ternura. 
Tu és tudo aquilo que sei. 
Mesmo quando não estavas lá, mesmo quando eu não estava lá, aprendíamos o suficiente para o instante em que nos encontramos.



José Luís Peixoto 
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

l i n d a