sábado, 12 de janeiro de 2013



Minha mãe sempre diz: Não há dor que dure para sempre! 
Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos! 
E apesar de saber de tudo isso. 
Por que algumas dores duram tanto?


Chico Buarque. 
Postar um comentário

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...  Quantas frases mal pronunciadas, sussurradas, cheias de uma pressa, de apelo e de fé elevei ...