gostava de fazer o que tu queres
ser alma em tua alma em um só corpo

não o perto e o distante entre dois seres
não este haver sempre um e sempre o outro.



Manuel Alegre
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!