quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

De repente ouvi teu nome.
E quase que imediatamente te procurei a minha volta.
Não te encontrei, mas me dei conta de que eu estava sorrindo.



Caio Abreu de Abreu 

Postar um comentário

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...  Quantas frases mal pronunciadas, sussurradas, cheias de uma pressa, de apelo e de fé elevei ...