quinta-feira, 17 de janeiro de 2013



A intensidade com que se é esmagado não importa,
de fato o que importa é a intensidade que nos resta
depois de sermos esmagados




Gonçalo M. Tavares,
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...