A intensidade com que se é esmagado não importa,
de fato o que importa é a intensidade que nos resta
depois de sermos esmagados




Gonçalo M. Tavares,
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!