Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2012

Que somos girassóis humanos... Que somos luz!

És!

Também não! Também não!

Da ímpar, Anne Frank

E a sorte de um amor tranquilo, com gosto de fruta madura!

*E voava!

desconfio!

Contra corrente... Contra elos de ferro...

Penso tanto nisso!

Se...

Eu acredito na eternidade das coisas que amamos... Como uma luz na alma: me guia!

Dei-te:

Do amor que fica!

Pintei! Pintei de azul os meus sapatos!