E cúmplice...

Amor tem que ser…
infinito como as estrelas…
quente como o fogo…
inocente como uma criança…
bonito como uma flor…
gostoso como chocolate…
sólido como uma rocha…
livre como um pássaro…
misterioso como a natureza…
indispensável como a água…
sincero sempre.




Joana Lucas

2 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!