sexta-feira, 21 de dezembro de 2012



você está tão longe
que às vezes penso
que nem existo

nem fale em amor
que amor é isto




Paulo Leminski
Postar um comentário

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...  Quantas frases mal pronunciadas, sussurradas, cheias de uma pressa, de apelo e de fé elevei ...