"...Comecei a desaparecer no dia em que os meus olhos se afundaram nos teus. 
Agora que os teus olhos se fecharam sei que não voltarás a devolver-me os meus..." 



Inês Pedrosa
1 comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!