sexta-feira, 16 de novembro de 2012


Vou me perguntando até quando
vou parecer essa simples mistura
de farinha, água e sal para o mundo
quando aqui dentro
eu sou um mar inteiro.



Caio F. Abreu
Postar um comentário

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...  Quantas frases mal pronunciadas, sussurradas, cheias de uma pressa, de apelo e de fé elevei ...