domingo, 11 de novembro de 2012



preciso habituar-me 
a substituir-te 
pelo vento, 
que está em toda a parte 
e cuja direção 
é igualmente passageira 
e verídica. 


Raul de Carvalho
Postar um comentário

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...  Quantas frases mal pronunciadas, sussurradas, cheias de uma pressa, de apelo e de fé elevei ...