Milagre:



Não há, não,
duas folhas iguais em toda a criação.


António Gedeão
2 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!