Chamo-Te,
Porque tudo está ainda no princípio.
E suportar é o tempo mais comprido.



Sophia de Mello Breyner Andresen
1 comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!