Só não quero imaginar você vivendo outros amores por aí…


Jorge Vercilo
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!