...quando menos estás à espera 
a maçã que já trincaste
vai saber de novo a sumo...


João Luis Barreto Guimarães
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!